Os números são de cair o queixo: Christian Figueiredo de Caldas, escritor, ator, apresentador, dublador, cantor e influenciador digital nascido em 1994 na cidade de Blumenau, Santa Catarina, tem quase 20 milhões de inscritos em seus canais do YouTube, 8,2 milhões de seguidores em seu perfil no Instagram e 4,6 milhões no Twitter.

Mas não para por aí. Christian foi o primeiro youtuber brasileiro a furar a barreira digital e se tornar um fenômeno transmídia, chegando às livrarias, telas de cinema, canais de televisão e palcos (participou inclusive do Rock in Rio) de todo o Brasil.

Seu livro de estreia, Eu fico loko, foi uma das três obras de não ficção mais vendidas no país em 2015, gerando duas continuações tão bem-sucedidas quanto. Somados, os volumes, publicados pela Novo Conceito, já tiveram quase meio milhão de exemplares comercializados – e estão agora disponíveis no mundo inteiro pela Buobooks.

O primeiro, com o subtítulo As desaventuras de um adolescente nada convencional, apresenta uma adaptação perfeita de seus vídeos do YouTube para as páginas: as experiências e peripécias do cotidiano de um jovem brasileiro do século XXI, da vida em família às frustrações amorosas, sob um olhar original, inteligente e sempre muito, muito bem-humorado.

No texto, Christian define a si mesmo como “um adolescente que vivia no meu próprio mundo, com suas próprias ideias e conclusões sobre tudo. Totalmente fora do padrão. Por essas características minhas, podemos dizer que tive uma adolescência nada convencional”, escreve.

Após meses nas listas de mais vendidos e concorridíssimas sessões de autógrafos por todo o país, com filas que davam voltas e mais voltas em quarteirões, Eu fico loko logo foi adaptado para o cinema. Só na semana de estreia, o filme levou mais de 200 mil pessoas às salas de exibição.

O sucesso gerou também o segundo best-seller, Eu fico loko 2. Ele traz as histórias inéditas e divertidamente comprometedoras que Christian não teve coragem de contar no primeiro lançamento, provocando novas risadas em relatos impagáveis sobre escola, festas, namoros, viagens, confusões familiares e muito mais.

E Eu fico loko 3 chegou no auge da “christianmania” – que está longe de terminar. Correndo de para lá e para cá entre livrarias, palcos e estúdios, passando mais tempo em aeroportos e hotéis que na própria casa, Christian Figueiredo narra, no último livro da trilogia, os bastidores desse fenômeno. Alegrias, inseguranças, surpresas e encontros com ídolos estão presentes – provando que a vida de um influenciador digital é bem mais emocionante do que muita gente pode imaginar.

Leve, divertida e acessível, a série Eu fico loko é uma porta de entrada para a leitura, capaz de fazer com que crianças e jovens (re)descubram o mundo dos livros pelas histórias de um dos nomes mais populares da internet.