Notícia triste para os fãs de gatos. O protagonista do bestseller internacional Um Gato de Rua Chamado Bob, que encantou o mundo e também virou filme, morreu na segunda-feira (15), aos 14 anos. O livro lançado em 2012 vendeu mais de 1 milhão de exemplares no Reino Unido, foi traduzido para 30 idiomas e ainda rendeu outros dois títulos. No Brasil, foi publicado pela editora Novo Conceito, parceira da Buobooks, e já está disponível na plataforma.

O anúncio da partida de Bob foi feito em sua página oficial no Facebook, que tem mais de 600 mil seguidores. “Bob salvou minha vida. Ele me deu muito mais do que companhia. Com ele ao meu lado, encontrei uma direção e um objetivo que estava perdendo. O sucesso que alcançamos juntos por meio de nossos livros e filmes foi milagroso. Ele conheceu milhares de pessoas, tocou milhões de vidas. Nunca houve um gato como ele. E nunca haverá novamente. Sinto que a luz se apagou na minha vida. Eu nunca o esquecerei”, disse James Bowen, o dono que adotou o felino em 2007.

Ele vivia em um abrigo em Londres para se tratar do vício em drogas. Certo dia, viu o gato machucado na rua e o levou ao veterinário. Depois de curado, deixou o bichano de volta no lugar onde o encontrou, mas Bob continuou a segui-lo. Ali surgia a forte amizade entre eles, e que mudaria para sempre a vida de James.

Bob passou a acompanhá-lo em suas apresentações musicais na rua, chamando a atenção do público com seus truques. A dupla logo ganhou fama, os vídeos viralizaram nas redes sociais e despertaram o interesse da editora Hodder & Stoughton. O filme sobre a história de James e Bob foi lançado em 2016 e também arrancou lágrimas dos espectadores.